#6TermasParaArtrite Reumatóide 

 


#TermasSaúdeMaisNatural sugere-lhe 6 Termas de Portugal, de norte a sul do país, indicadas para a prevenção, controlo e reabilitação da Artrite Reumatóide:

 

 

1 - Termas de S. Pedro do Sul  | tel. 232 720 300 

 

2 - Termas das Taipas em Guimarães  |  tel.253 577 898

 

3 - Termas de S. Jorge em Stª. Maria da Feira  |  tel. 256 910 360

 

4 - Termas Alcafache em Viseu  |  tel. 232 479 797

 

5 - Termas de Cabeço de Vide |  tel. 245 634 206

 

6 - Termas de Chaves  | tel. 276 332 445

 

 

REUMATISMO 

#TermasSaúdeMaisNatural dá-lhe #5Termas de Outono! A nossa escolha seguiu dois critérios essenciais: as Termas escolhidas devem estar abertas durante todo o outono, ou no mínimo, na sua maior parte; devem ter uma tabela de preços com épocas diferenciadas e assim praticar preços mais baixos no outono.

 

Caldas da Felgueira

 

 

#1 termas

 

Alcafache

 

 

#2 termas

 

#2 termas

 

Caldelas 

 

No Outono pode beneficiar de Preços Mais Baixos nas Termas. É a Vantagem 4 de fazer Termas de outono. Os meses de outubro, novembro e dezembro coincidem, em muitas Termas, com as Épocas Média e Baixa. Por isso, os preços dos Tratamentos Termais baixam entre 10% e 40%. É uma vantagem significativa! Por exemplo, uma Cura Termal de 12 dias pode baixar, em média, cerca de 100 €… variando conforme as tabelas de preços e descontos das épocas média e baixa de cada estância termal. Se a isto juntar a comparticipação do SNS de 35%, esta é uma opção inteligente para não deixar de fazer Termas por razões monetárias. Não esqueça que ao fazer Termas, vai passar, naturalmente, um inverno com mais e melhor saúde, mais livre de medicamentos químicos e do seu custo, de idas em crise ao hospital, de faltas e baixas por doença. Fazer Termas de Outono é optar por uma via mais moderna e natural de prevenir e controlar problemas de Saúde e também uma opção mais económica de controlar a sua doença ou prevenir uma melhor saúde. Escolha as Termas Certas para o seu caso pessoal (nós estamos aqui para a/o ajudar). Depois é só Marcar Consulta Médica Termal nas termas escolhidas e solicitar ao seu Médico de Família a Prescrição para Fazer Termas. 

Em Portugal são 33 as Termas com Indicações Terapêuticas para as Doenças Reumáticas. No Dia Mundial Doença Reumática é importante afirmar que a Medicina Termal é uma resposta natural, moderna e eficaz. Os 4 principais Benefícios da Termas nas Doenças Reumáticas são: Ação sedativa da dor e contracturas musculares; Ação mais estimulante para combater a anquilose e recuperar as amplitudes articulares; Efeito Duradouro de 6 a 9 meses na dor e mobilidade; Diminuição do uso de analgésicos ou anti-inflamatórios.
No Norte tem 15 Termas: Caldelas (253 360 106), Caldas S. Lourenço em Carrazeda de Ansiaes (278 669 041), Chaves (276 332 445), Balneário Pedagógico Vidago (276 301 515), Vidago Palace Thermal SPA (276 990 970), Taipas Termal (253,577,845), Melgaço (251 404 404), Monção (251 648 367), S. Vicente em Penafiel (255 617 080), S. Jorge em Sta. Maria da Feira (256 910 360), Caldas da Saúde em Sto. Tirso (252 860 860), Moimenta em Terras de Basto (253, 353,217), SPA Termal Pedras Salgadas (259 437 140), Vimioso (273 511 381) e Vizela (253 565 117).
No Centro tem 15 Termas:Curia (231 519 825), Luso (231 937 910), Penamacor (277 394 106), Monfortinho (277 430 320), Unhais da Serra (275 970 030), Almeida Fonte Santa (271 571 123), Longroiva (279 849 230), Manteigas (275 980 300), Cró (271 589 000), Ladeira Evendos em Santarém (276 990 000), Alcafache, em Viseu (232 479 797), Carvalhal, em Castro Daire (232 382 342), Caldas Felgueira, em Nelas (232 941 060), Sangemil, em Tondela (232 672 460) e S. Pedro Sul (232 720 300).
No Sul tem 3 Termas: Cabeço de Vide, em Fronteira (245 634 027), Nisa (245 799 050) e Caldas de Monchique (282 910 913).
Solicite ao seu Médico de Família a Prescrição para Fazer Termas, com um dos seguintes códigos (conforme o seu caso): Osteoartrose: 001.1, Artrite Reumatóide: 002.1, Espondilite Anquilosante: 003.1 e Outros Reumatismos Inflamatórios: 004.1 e usufrua da comparticipação do SNS em 35% do valor dos seus Tratamentos Termais.

Osteoatrose. É a Doença Reumática que atinge mais pessoas em Portugal: cerca de 1 milhão de pessoas. A Espondilartrose, a Coxoartrose e a Gonartrose são os mais comuns. É o mais prevalecente dos reumatismos, caracterizado por alterações degenerativas da cartilagem articular e que afeta principalmente articulações como os joelhos, a coluna e as ancas, mas não só. Atinge maioritariamente o sexo feminino. Entre os sintomas mais comuns estão a rigidez e dor nas articulações, podendo, ao longo da sua evolução, causar deformidade nas articulações afetadas. Segundo o médico hidrologista Carlos Paredes, “os reumatismos articulares degenerativos crónicos afetam quase todas as pessoas que ultrapassam a meia-idade e agravam-se com a utilização continuada da articulação”. A ação das Águas Termais tem efeitos na Osteoartrose a 4 níveis: Efeitos Diretos (os compostos iónicos das águas termais como o sulfidrato, flureto, sulfato, bicarbonato, sódio e potássio interferem na imunomodelação, nos fenómenos inflamatórios, na proteção das membranas sinoviais e nos líquidos articulares, o que alivia a dor e facilita a mobilidade), Efeitos Indiretos (por acção das águas termais, o eixo hipotalamico-hipofisario atua sobre as glândulas supra-renais, libertando o ACTH percursor da cortisona que por sua vez atua sobre as articulações), de Pressão (produz um efeito de relaxamento/contração muscular) e de Termalidade (a temperatura das Águas Termais exerce um efeito de sedação e estimulação). Controle os efeitos e a progressão da #Osteoartrose, naturalmente, com numas Termas com Águas Minerais Naturais indicadas para o tratamento de doenças reumáticas.

DIA MUNDIAL DO REUMATISMO

Artrite Reumatóide. Estas são mãos de duas pessoas com Artrite Reumatóide. Uma faz Termas há 12 anos. A outra nunca fez Termas. Consegue descobrir quais as mãos de uma e outra pessoa? As segundas mãos são de alguém que tem a doença há 15 anos, que conseguiu controlar a doença e que agora apenas toma magnésio B! E porquê? " Porque Faço Termas há 12 anos!" São as mãos de Luci Pinto que não têm praticamente vestígios de Artrite Reumatóide. "Ainda tentei outras soluções: fazia ginástica e natação e assim aguentava um pouco melhor, mas sempre voltava o pior e com isso voltava a recorrer à medicação. Até fiz acupunctura… E foi então que comecei a Fazer Termas, há 12 anos...Parece um milagre!”. E Luci Pinto questiona: " Só não percebo porque tantas pessoas continuam a sofrer, a tomar tanta medicação e não vêm experimentar uma Cura Termal. Agora só tomo Magnésio B! E as minhas mãos estão praticamente como estavam há 15 anos”. Conseguiu descobrir quais são as mãos de Luci Pinto?

Artrite Reumatóide. Em Portugal estão 40 mil pessoas diagnosticadas com esta Doença Reumática inflamatória crónica de etiologia desconhecida que pode ocorrer em todas as idades. O principal sintoma é a inflamação das articulações, acompanhada de dor e rigidez articulares (sensação de “prisão” dos movimentos), geralmente pela manhã e que vai desaparecendo progressivamente ao longo do dia, febre e cansaço. As Mulheres são frequentemente mais afectadas. Quando não tratada precoce e correctamente, a artrite reumatóide acarreta, em geral, graves consequências para os doentes, traduzidas em incapacidade funcional e para o trabalho. As Águas Termais têm um papel relevante, com uma acão sedativa, analgésica, anti-inflamatória e regeneradora da cartilagem.
Controle, naturalmente, os efeitos e a progressão da Artrite Reumatóide, numas Termas com Águas Minerais Naturais indicadas para o tratamento de Doenças Reumáticas.

Dia Mundial Doença Reumática. Maria Eulália partilha a sua experiência: "Comecei por Fazer Termas, há 11 anos, para tratar as Artroses em várias partes do corpo, com muito bons resultados. De tal forma que há 4 anos também Faço Termas para controlar as Alergias aos Pólenes. Sinto-me muito melhor e dispensei mesmo a maioria dos medicamentos. Com isto poupei muito dinheiro: gastava mais dinheiro nos remédios do que gasto para Fazer Termas! Só tenho pena de não poder Fazer Termas duas vezes ao ano, mas tenho dificuldades em deixar as coisas de que trato em casa. Senão vinha mesmo duas vezes por ano e de certeza que deixava completamente de tomar os anti-inflamatórios." No Dia Mundial da Doença Reumática, aqui está um testemunho claro de quem já Faz Termas, sobre os benefícios das Águas Termais para controlar, naturalmente, os reumatismos e não só... ! E você, Faz Termas? Ou ainda está com dúvidas?

Espondilite Anquilosante. “É uma afecção inflamatória em que os doentes apresentam acentuada rigidez e imobilização da coluna, em resultado da ossificação dos ligamentos vertebrais ao longo da coluna” explica o dr. Carlos Paredes, médico hidrologista. Esta Doença Reumática tem uma maior incidência no sexo masculino, sendo que em Portugal atinge cerca de 50 000 pessoas. As Curas Termais na Espondilite Anquilosante melhoram a mobilidade da coluna, corrigem a deformidade, potenciam tanto a musculatura parvertebral como a abdominal, visam a plasticidade dos movimentos de flexão e extensão da coluna, contrariando o desaparecimento da lordose cervical e a melhoria da tonicidade e da circulação sanguínea da coluna; contrariam a fibrose, a rigidez e as aderências resultantes das calcificações dos ligamentos paravertrebais, típicos desta doença.

Fibromialgia. Atinge cerca de 200 000 portugueses, dos quais mais de 80% são mulheres, maioritariamente, entre os 20 e os 50 anos. Doença Reumática de causa desconhecida e natureza funcional, a Fibromialgia origina dores generalizadas nos tecidos moles, sejam músculos, ligamentos ou tendões mas sem afetar as articulações ou os ossos. A Dor é acompanhada por alterações do sono, da Fadiga, cefaleias e alterações cognitivas como por exemplo perda de memória, dificuldade de concentração, irritabilidade e mesmo depressão, num em cada três casos. Pode aparecer, ou não, associada ao Síndroma Fadiga Crónica (SFC). O diagnóstico da Fibromialgia, o primeiro passo decisivo para enfrentar a doença, é feito clinicamente, por meio da história dos sintomas e do exame físico, pois não existem testes laboratoriais próprios. As Águas Termais na Fibromialgia, diminuem as dores e favorecem o relaxamento muscular do corpo através do enxofre, da sílica, do magnésio e da temperatura das águas; induzem, também, um sono reparador, melhorando o psiquismo e diminuindo a fadiga crónica e o consumo de analgésicos e anti-inflamatórios.

Termas do Carvalhal, em CastroDaire são uma boa opção para garantir os benefícios da Medicina Termal nas Doenças Reumáticas. Com Águas Termais com Indicações Terapêuticas para. Reumatismos, pode obter, nesta estância termal do Centro de Portugal, 4 Benefícios: Ação sedativa da dor e contracturas musculares; #Ação mais estimulante para combater a anquilose e recuperar as amplitudes articulares; Efeito Duradouro de 6 a 9 meses na dor e mobilidade; Diminuição do uso de analgésicos ou anti-inflamatórios.
Marque a sua Consulta Médica Termal pelo telefone 232 382 342 ou 93 546 33 23 ou ainda pelo mail: geral@termasdocarvalhal.com e solicite ao seu Médico Família a Prescrição para Fazer Termas, com um dos seguintes códigos (conforme o seu caso): Osteoartrose: 001.1, Artrite Reumatóide: 002.1, Espondilite Anquilosante: 003.1 e Outros Reumatismos Inflamatórios: 004.1, para usufruir da Comparticipação do SNS em 35% do valor dos seus Tratamentos Termais.

Em Portugal, um em cada dois portugueses sofre de Reumatismo. Um problema social que há muito tem na Medicina Termal uma resposta natural, uma vez que a Reumatologia (RH) é uma das mais antigas indicações da Cura Termal. As Doenças Reumáticas mais tratadas com Águas Termais são: Osteoartrose de diversas zonas do corpo, Artrite Reumatóide, Periartrite, doenças musculotendinosas como a Fibromialgia, Tendinite crónica e Dor Ciática.Os principais Benefícios da Cura Termal são:Ação sedativa da dor e contracturas musculares;Ação mais estimulante para combater a anquilose e recuperar as amplitudes articulares;Efeito Duradouro de 6 a 9 meses na dor e mobilidade;Diminuição do uso de analgésicos ou anti-inflamatóriosPatologias associadas:Reumatismo, Osteoartrite, Distúrbios Músculo Esqueléticos, Osteoporose,Dor Lombar, Dor Costas, Fibromialgia, Ciática, Rigidez Articular, Tendinite, Artrite Reumatóide,Espondilite Anquilosante, Sequelas de Traumatismo ou Cirurgia,Inflamação Crónica Tendões.Contraindicações:Terapia imunomoduladora ou imunossupressora em curso (risco de infeções oportunistas potencialmente graves) e Crise inflamatória aguda.

Doenças Reumáticas custam ao Estado mais de 2 mil milhões de euros! Não estará na altura do novo governo olhar finalmente para a Opção Termal de Saúde e refletir sobre as enormes poupanças que o Estado pode obter ao favorecer e apoiar a prevenção e o tratamento Termal das doenças reumáticas como meio complementar mas fundamental de controlar os custos destas patologias, diminuindo o consumo de milhões de fármacos, idas em crise aos hospitais, faltas ao trabalho, baixas médicas e reformas antecipadas por doença incapacitante?

12 outubro é Dia Mundial Doença Reumática. Este dia foi estabelecido em 1996 pela Arthritis and Rheumatism International (ARI). Na língua inglesa, o termo “arthritis” designa qualquer uma das várias doenças das articulações, caracterizada por dor, inchaço, rigidez e, usualmente, envolvendo inflamação. A WAD é uma iniciativa global com vista à sensibilização da população para os problemas que afetam as pessoas com doenças reumáticas e músculo-esqueléticas. Em Portugal, cerca de 50% da população adulta sofre de uma doença reumática: são mais de 4 milhões de pessoas! O Dia Mundial da Doença Reumática celebra-se todos os anos a 12 de outubro e é apoiado por uma campanha global anual. Os objetivos do WAD são: sensibilizar a comunidade médica, os doentes e o público em geral para as doenças reumáticas e músculo-esqueléticas; influenciar as políticas públicas, sensibilizando os decisores políticos para o impacto das doenças reumáticas e músculo-esqueléticas e as medidas que podem ser adotadas para o minimizar; assegurar que todas as pessoas com doenças reumáticas e músculo-esqueléticas e os seus cuidadores estão a par da vasta rede de suporte que está disponível. Termas Saúde Mais Natural associa-se ao Dia Mundial da Doença Reumática, dedicando todo o Dia 12 outubro, à divulgação da Opção Termal Saúde nas Doenças Reumáticas.

Doenças Reumáticas custam ao Estado mais de 2 mil milhões de euros! Não estará na altura do novo governo olhar finalmente para a Opção Termal de Saúde e refletir sobre as enormes poupanças que o Estado pode obter ao favorecer e apoiar a prevenção e o tratamento Termal das doenças reumáticas como meio complementar mas fundamental de controlar os custos destas patologias, diminuindo o consumo de milhões de fármacos, idas em crise aos hospitais, faltas ao trabalho, baixas médicas e reformas antecipadas por doença incapacitante?

Em Portugal são 33 as Termas com Indicações Terapêuticas para as Doenças Reumáticas. No Dia Mundial Doença Reumática é importante afirmar que a Medicina Termal é uma resposta natural, moderna e eficaz. Os 4 principais Benefícios da Termas nas Doenças Reumáticas são: Ação sedativa da dor e contracturas musculares; Ação mais estimulante para combater a anquilose e recuperar as amplitudes articulares; Efeito Duradouro de 6 a 9 meses na dor e mobilidade; Diminuição do uso de analgésicos ou anti-inflamatórios.
No Norte tem 15 Termas: Caldelas (253 360 106), Caldas S. Lourenço em Carrazeda de Ansiaes (278 669 041), Chaves (276 332 445), Balneário Pedagógico Vidago (276 301 515), Vidago Palace Thermal SPA (276 990 970), Taipas Termal (253,577,845), Melgaço (251 404 404), Monção (251 648 367), S. Vicente em Penafiel (255 617 080), S. Jorge em Sta. Maria da Feira (256 910 360), Caldas da Saúde em Sto. Tirso (252 860 860), Moimenta em Terras de Basto (253, 353,217), SPA Termal Pedras Salgadas (259 437 140), Vimioso (273 511 381) e Vizela (253 565 117).
No Centro tem 15 Termas:Curia (231 519 825), Luso (231 937 910), Penamacor (277 394 106), Monfortinho (277 430 320), Unhais da Serra (275 970 030), Almeida Fonte Santa (271 571 123), Longroiva (279 849 230), Manteigas (275 980 300), Cró (271 589 000), Ladeira Evendos em Santarém (276 990 000), Alcafache, em Viseu (232 479 797), Carvalhal, em Castro Daire (232 382 342), Caldas Felgueira, em Nelas (232 941 060), Sangemil, em Tondela (232 672 460) e S. Pedro Sul (232 720 300).
No Sul tem 3 Termas: Cabeço de Vide, em Fronteira (245 634 027), Nisa (245 799 050) e Caldas de Monchique (282 910 913).
Solicite ao seu Médico de Família a Prescrição para Fazer Termas, com um dos seguintes códigos (conforme o seu caso): Osteoartrose: 001.1, Artrite Reumatóide: 002.1, Espondilite Anquilosante: 003.1 e Outros Reumatismos Inflamatórios: 004.1 e usufrua da comparticipação do SNS em 35% do valor dos seus Tratamentos Termais.

Osteoatrose. É a Doença Reumática que atinge mais pessoas em Portugal: cerca de 1 milhão de pessoas. A Espondilartrose, a Coxoartrose e a Gonartrose são os mais comuns. É o mais prevalecente dos reumatismos, caracterizado por alterações degenerativas da cartilagem articular e que afeta principalmente articulações como os joelhos, a coluna e as ancas, mas não só. Atinge maioritariamente o sexo feminino. Entre os sintomas mais comuns estão a rigidez e dor nas articulações, podendo, ao longo da sua evolução, causar deformidade nas articulações afetadas. Segundo o médico hidrologista Carlos Paredes, “os reumatismos articulares degenerativos crónicos afetam quase todas as pessoas que ultrapassam a meia-idade e agravam-se com a utilização continuada da articulação”. A ação das Águas Termais tem efeitos na Osteoartrose a 4 níveis: Efeitos Diretos (os compostos iónicos das águas termais como o sulfidrato, flureto, sulfato, bicarbonato, sódio e potássio interferem na imunomodelação, nos fenómenos inflamatórios, na proteção das membranas sinoviais e nos líquidos articulares, o que alivia a dor e facilita a mobilidade), Efeitos Indiretos (por acção das águas termais, o eixo hipotalamico-hipofisario atua sobre as glândulas supra-renais, libertando o ACTH percursor da cortisona que por sua vez atua sobre as articulações), de Pressão (produz um efeito de relaxamento/contração muscular) e de Termalidade (a temperatura das Águas Termais exerce um efeito de sedação e estimulação). Controle os efeitos e a progressão da #Osteoartrose, naturalmente, com numas Termas com Águas Minerais Naturais indicadas para o tratamento de doenças reumáticas.

Artrite Reumatóide. Estas são mãos de duas pessoas com Artrite Reumatóide. Uma faz Termas há 12 anos. A outra nunca fez Termas. Consegue descobrir quais as mãos de uma e outra pessoa? As segundas mãos são de alguém que tem a doença há 15 anos, que conseguiu controlar a doença e que agora apenas toma magnésio B! E porquê? " Porque Faço Termas há 12 anos!" São as mãos de Luci Pinto que não têm praticamente vestígios de Artrite Reumatóide. "Ainda tentei outras soluções: fazia ginástica e natação e assim aguentava um pouco melhor, mas sempre voltava o pior e com isso voltava a recorrer à medicação. Até fiz acupunctura… E foi então que comecei a Fazer Termas, há 12 anos...Parece um milagre!”. E Luci Pinto questiona: " Só não percebo porque tantas pessoas continuam a sofrer, a tomar tanta medicação e não vêm experimentar uma Cura Termal. Agora só tomo Magnésio B! E as minhas mãos estão praticamente como estavam há 15 anos”. Conseguiu descobrir quais são as mãos de Luci Pinto?

Artrite Reumatóide. Em Portugal estão 40 mil pessoas diagnosticadas com esta Doença Reumática inflamatória crónica de etiologia desconhecida que pode ocorrer em todas as idades. O principal sintoma é a inflamação das articulações, acompanhada de dor e rigidez articulares (sensação de “prisão” dos movimentos), geralmente pela manhã e que vai desaparecendo progressivamente ao longo do dia, febre e cansaço. As Mulheres são frequentemente mais afectadas. Quando não tratada precoce e correctamente, a artrite reumatóide acarreta, em geral, graves consequências para os doentes, traduzidas em incapacidade funcional e para o trabalho. As Águas Termais têm um papel relevante, com uma acão sedativa, analgésica, anti-inflamatória e regeneradora da cartilagem.
Controle, naturalmente, os efeitos e a progressão da Artrite Reumatóide, numas Termas com Águas Minerais Naturais indicadas para o tratamento de Doenças Reumáticas.

Dia Mundial Doença Reumática. Maria Eulália partilha a sua experiência: "Comecei por Fazer Termas, há 11 anos, para tratar as Artroses em várias partes do corpo, com muito bons resultados. De tal forma que há 4 anos também Faço Termas para controlar as Alergias aos Pólenes. Sinto-me muito melhor e dispensei mesmo a maioria dos medicamentos. Com isto poupei muito dinheiro: gastava mais dinheiro nos remédios do que gasto para Fazer Termas! Só tenho pena de não poder Fazer Termas duas vezes ao ano, mas tenho dificuldades em deixar as coisas de que trato em casa. Senão vinha mesmo duas vezes por ano e de certeza que deixava completamente de tomar os anti-inflamatórios." No Dia Mundial da Doença Reumática, aqui está um testemunho claro de quem já Faz Termas, sobre os benefícios das Águas Termais para controlar, naturalmente, os reumatismos e não só... ! E você, Faz Termas? Ou ainda está com dúvidas?

Espondilite Anquilosante. “É uma afecção inflamatória em que os doentes apresentam acentuada rigidez e imobilização da coluna, em resultado da ossificação dos ligamentos vertebrais ao longo da coluna” explica o dr. Carlos Paredes, médico hidrologista. Esta Doença Reumática tem uma maior incidência no sexo masculino, sendo que em Portugal atinge cerca de 50 000 pessoas. As Curas Termais na Espondilite Anquilosante melhoram a mobilidade da coluna, corrigem a deformidade, potenciam tanto a musculatura parvertebral como a abdominal, visam a plasticidade dos movimentos de flexão e extensão da coluna, contrariando o desaparecimento da lordose cervical e a melhoria da tonicidade e da circulação sanguínea da coluna; contrariam a fibrose, a rigidez e as aderências resultantes das calcificações dos ligamentos paravertrebais, típicos desta doença.deixava completamente de tomar os anti-inflamatórios." No Dia Mundial da Doença Reumática, aqui está um testemunho claro de quem já Faz Termas, sobre os benefícios das Águas Termais para controlar, naturalmente, os reumatismos e não só... ! E você, Faz Termas? Ou ainda está com dúvidas?

Fibromialgia. Atinge cerca de 200 000 portugueses, dos quais mais de 80% são mulheres, maioritariamente, entre os 20 e os 50 anos. Doença Reumática de causa desconhecida e natureza funcional, a Fibromialgia origina dores generalizadas nos tecidos moles, sejam músculos, ligamentos ou tendões mas sem afetar as articulações ou os ossos. A Dor é acompanhada por alterações do sono, da Fadiga, cefaleias e alterações cognitivas como por exemplo perda de memória, dificuldade de concentração, irritabilidade e mesmo depressão, num em cada três casos. Pode aparecer, ou não, associada ao Síndroma Fadiga Crónica (SFC). O diagnóstico da Fibromialgia, o primeiro passo decisivo para enfrentar a doença, é feito clinicamente, por meio da história dos sintomas e do exame físico, pois não existem testes laboratoriais próprios. As Águas Termais na Fibromialgia, diminuem as dores e favorecem o relaxamento muscular do corpo através do enxofre, da sílica, do magnésio e da temperatura das águas; induzem, também, um sono reparador, melhorando o psiquismo e diminuindo a fadiga crónica e o consumo de analgésicos e anti-inflamatórios.

Termas do Carvalhal, em CastroDaire são uma boa opção para garantir os benefícios da Medicina Termal nas Doenças Reumáticas. Com Águas Termais com Indicações Terapêuticas para. Reumatismos, pode obter, nesta estância termal do Centro de Portugal, 4 Benefícios: Ação sedativa da dor e contracturas musculares; #Ação mais estimulante para combater a anquilose e recuperar as amplitudes articulares; Efeito Duradouro de 6 a 9 meses na dor e mobilidade; Diminuição do uso de analgésicos ou anti-inflamatórios.
Marque a sua Consulta Médica Termal pelo telefone 232 382 342 ou 93 546 33 23 ou ainda pelo mail: geral@termasdocarvalhal.com e solicite ao seu Médico Família a Prescrição para Fazer Termas, com um dos seguintes códigos (conforme o seu caso): Osteoartrose: 001.1, Artrite Reumatóide: 002.1, Espondilite Anquilosante: 003.1 e Outros Reumatismos Inflamatórios: 004.1, para usufruir da Comparticipação do SNS em 35% do valor dos seus Tratamentos Termais.

Em Portugal, um em cada dois portugueses sofre de Reumatismo. Um problema social que há muito tem na Medicina Termal uma resposta natural, uma vez que a Reumatologia (RH) é uma das mais antigas indicações da Cura Termal. As Doenças Reumáticas mais tratadas com Águas Termais são: Osteoartrose de diversas zonas do corpo, Artrite Reumatóide, Periartrite, doenças musculotendinosas como a Fibromialgia, Tendinite crónica e Dor Ciática.Os principais Benefícios da Cura Termal são:Ação sedativa da dor e contracturas musculares;Ação mais estimulante para combater a anquilose e recuperar as amplitudes articulares;Efeito Duradouro de 6 a 9 meses na dor e mobilidade;Diminuição do uso de analgésicos ou anti-inflamatóriosPatologias associadas:Reumatismo, Osteoartrite, Distúrbios Músculo Esqueléticos, Osteoporose,Dor Lombar, Dor Costas, Fibromialgia, Ciática, Rigidez Articular, Tendinite, Artrite Reumatóide,Espondilite Anquilosante, Sequelas de Traumatismo ou Cirurgia,Inflamação Crónica Tendões.Contraindicações:Terapia imunomoduladora ou imunossupressora em curso (risco de infeções oportunistas potencialmente graves) e Crise inflamatória aguda.

Em Portugal, um em cada dois portugueses sofre de Reumatismo. Um problema social que há muito tem na Medicina Termal uma resposta natural, uma vez que a Reumatologia (RH) é uma das mais antigas indicações da Cura Termal. As Doenças Reumáticas mais tratadas com Águas Termais são: Osteoartrose de diversas zonas do corpo, Artrite Reumatóide, Periartrite, doenças musculotendinosas como a Fibromialgia, Tendinite crónica e Dor Ciática.Os principais Benefícios da Cura Termal são:Ação sedativa da dor e contracturas musculares;Ação mais estimulante para combater a anquilose e recuperar as amplitudes articulares;Efeito Duradouro de 6 a 9 meses na dor e mobilidade;Diminuição do uso de analgésicos ou anti-inflamatóriosPatologias associadas:Reumatismo, Osteoartrite, Distúrbios Músculo Esqueléticos, Osteoporose,Dor Lombar, Dor Costas, Fibromialgia, Ciática, Rigidez Articular, Tendinite, Artrite Reumatóide,Espondilite Anquilosante, Sequelas de Traumatismo ou Cirurgia,Inflamação Crónica Tendões.Contraindicações:Terapia imunomoduladora ou imunossupressora em curso (risco de infeções oportunistas potencialmente graves) e Crise inflamatória aguda.

Hotel do Parque é a Opção Inteligente no Alojamento, para potenciar ao máximo os benefícios para as Doenças Reumáticas que as Termas São Pedro do Sul proporcionam. Durante a Cura Termal, siga a opinião de quem já fez a experiência e ficou alojada no Hotel do Parque…
Albertina Soares: “Há dois anos que vou para o Hotel do Parque no mês de Outubro...e é um bom local para se estar durante duas semanas ....este ano já tenho quarto reservado. Atendimento, instalações e alimentação ótimas! Recomendo…”
Manuela Grazina: “Maravilhoso este Hotel do Parque. Espetacular em tudo: comida, atendimento, alojamento… tudo 5 estrelas! Nas Termas de S. Pedro do Sul é uma maravilha”.
Carla Sofia Matos: “Um Hotel muito bom. Aconselho vivamente. O lugar é lindo”. Maria João Sousa: “Conheço o Hotel do Parque e estou a pensar em ir para lá esta época”.
Conceição Magalhães: “Gosto muito do Hotel do Parque e do Restaurante...”.
Este ano, decida ainda Fazer Termas para Reumatismos para garantir um inverno mais saudável e fique alojado no Hotel do Parque, o Quatro Estrelas das Termas de S. Pedro do Sul. E Boas Termas!...
Marcações: tel +351 232 723 461;
e-mail: geral@hoteldoparque.pt ;
Saiba mais em www.hoteldoparque.pt

Hotel do Parque é a Opção Inteligente no Alojamento, para potenciar ao máximo os benefícios para as Doenças Reumáticas que as Termas São Pedro do Sul proporcionam. Durante a Cura Termal, siga a opinião de quem já fez a experiência e ficou alojada no Hotel do Parque…
Albertina Soares: “Há dois anos que vou para o Hotel do Parque no mês de Outubro...e é um bom local para se estar durante duas semanas ....este ano já tenho quarto reservado. Atendimento, instalações e alimentação ótimas! Recomendo…”
Manuela Grazina: “Maravilhoso este Hotel do Parque. Espetacular em tudo: comida, atendimento, alojamento… tudo 5 estrelas! Nas Termas de S. Pedro do Sul é uma maravilha”.
Carla Sofia Matos: “Um Hotel muito bom. Aconselho vivamente. O lugar é lindo”. Maria João Sousa: “Conheço o Hotel do Parque e estou a pensar em ir para lá esta época”.
Conceição Magalhães: “Gosto muito do Hotel do Parque e do Restaurante...”.
Este ano, decida ainda Fazer Termas para Reumatismos para garantir um inverno mais saudável e fique alojado no Hotel do Parque, o Quatro Estrelas das Termas de S. Pedro do Sul. E Boas Termas!...
Marcações: tel +351 232 723 461;
e-mail: geral@hoteldoparque.pt ;
Saiba mais em www.hoteldoparque.pt